Brusinha 100% algodão – por que isso é bom?

Sempre falamos por aí que Brusinhas são 100% algodão. As pessoas podem ter alguma ideia de que uma malha de algodão é melhor que uma de poliéster. Mas, afinal, você sabe exatamente o PORQUÊ disso? Senta aí que vamos explicar de um jeitinho bem camarada e você vai terminar essa leitura se sentindo ainda mais bruseiro 😉

Como nascem as brusinhas

 

Algodão x Poliéster – Qual é, afinal, a diferença?

Você já leu em etiquetas de roupas os termos “algodão” e “poliéster” e suas respectivas proporções na composição da peça, certo? Presta atenção no que isso significa:

O principal ponto é que, enquanto o algodão é uma fibra natural (que nasce de uma PLANTA chamada algodoeiro ♥), o Poliéster é sintético – ou seja, produzido artificialmente.

O Poliéster é composto por um grupo de resinas sintéticas contendo ésteres em sua cadeia principal. Grosso modo, pode-se dizer que é um tipo de “plástico”. Além da fibra textil para linhas de confecção, o poliéster também é usado como matéria-prima para a fabricação de garrafas de plástico, filmes, tinta em pó e verniz, etc.

O Algodão, por sua vez, nasce na natureza. Mais especificamente, é a fibra que cresce em volta das sementes de algumas espécies do gênero Gossypium, família Malvaceae. Após sua maturação, a fibra branquinha é coletada e passa por um processo de limpeza, para então virar fio, para que esses fios então sejam entrelaçados e, finalmente, virem tecido.

A equipe Brusinhas possui equipamento para analisar a fibra das malhas e, dessa maneira, fazer o controle de qualidade. Pra ilustrar a diferença entre as duas composições em níveis microscópicos, compartilhamos aqui imagens comparativas da fibra sintética e da fibra natural, aumentadas em 1000x:

Malha de poliéster analisada em Microscópio aumentada em 1000x. Fonte: Use Brusinhas
Brusinha branca em algodão analisada no Microscópio aumentada em 1000x. Fonte: Use Brusinhas

 

Equipamento utilizado para controle de qualidade da malha | Equipe Use Brusinhas

É verdade que, por ser sintética, uma peça de roupa em poliéster praticamente não amassa. Além disso, por ser produzida artificialmente, as indústrias conseguem vender por preços mais baixos, diretamente proporcionais à sua qualidade. Entretanto, uma peça de malha natural, além de ter uma história mais fofa (hehehe), proporciona o toque macio, melhor caimento, respira muito bem (o que torna a roupa fresquinha) e dura muito mais tempo entre as lavagens – sem “esgarçar” e jamais acumulando aquelas bolinhas chatas de roupas sintéticas.

O maior cuidado que o consumidor que procura qualidade deve tomar é estar atento às misturas que as fábricas têxteis fazem – peças com composição 50% poliéster e 50% algodão ou outras variações. É uma forma de oferecer uma “aparência” de qualidade mas com baixa durabilidade, por exemplo. Algumas vezes a peça impostora pode vir também disfarçada sob o nome de “poliviscose”.

Agora vem a parte que nos dá orgulho: Brusinhas são compostas por malha 100% algodão. *Nas Brusinhas, a cor cinza mescla tem uma composição sintética mínima de fios pretos para conferir o efeito mescla. Mas além dessa preocupação em oferecer tecido de qualidade, não nos contentamos com QUALQUER algodão. Só trabalhamos com fornecedores que tenham selo de certificação de produção responsável.

 

Algodão Brasileiro Responsável – nosso algodão é certificado!

O algodão que usamos são certificados pelo programa Algodão Brasileiro Responsável (ABR) e têm um selo chamado “Algodão Socialmente Correto”, que foi criado para comprovar o respeito às normas trabalhistas e ambientais na produção da fibra.

Para que o algodão seja considerado sustentável, o produtor deve comprovar boas práticas trabalhistas, agrícolas e sociais. No Brasil, há duas certificações possíveis: a BCI, internacional, e a ABR, nacional e mais rígida. Compramos o tecido apenas de fornecedores sérios que possuem a certificação ABR. É realmente um desafio encontrar fornecedores dispostos a trabalhar com esse padrão de qualidade, mas acreditamos de verdade que, para sermos uma marca responsável, não é uma alternativa ir pelo caminho mais fácil.

Isso significa que você pode consumir sua brusinha com o coração tranquilo pois não foi usada nenhuma prática trabalhista ou social duvidosa em sua produção e não foram causados danos ao planeta em sua produção. Go, bruseiros!

A tranquilidade no olhar de um algodão produzido com responsabilidade

Hoje, o Brasil já é o maior produtor de algodão sustentável do mundo e o Brusinhas não poderia ficar fora dessa estatística maravilhosa. Mas o que estamos fazendo ainda é uma meta para gigantes do vestuário – marcas como H&M, Nike, Adidas e Burberry se comprometeram a usar apenas algodão sustentável até 2025. Ou seja, algo que fazemos hoje ainda é um desafio mundo afora. Sentimos orgulho em fornecer para o ambiente e para os nossos clientes as melhores práticas para um mundo sustentável. ♥

Para saber mais sobre o Programa ABR, visite www.abrapa.com.br

 

Consumindo com tranquilidade

Por todo esse contexto, batemos tanto na tecla de que Brusinhas são feitas por algodão 100% sustentável. Sinceramente, acreditamos que não fazemos mais que nossa obrigação pois somos uma marca séria e responsável. O ideal, assim como comprovam as metas de grandes marcas, seria que todas as lojas e indústrias tivessem essa mesma preocupação – com o meio ambiente, com os trabalhadores e com os consumidores. Mas enquanto isso não acontece, estamos sempre aqui para te lembrar os motivos pelos quais brusinhas não são apenas qualquer camiseta. 🙂

Brusinhas empoderadas (pois 100% algodão) de todas as cores, só esperando um Bruseiro pra chamar de seu

Aproveita e confere algumas novidades em produtos Brusinhas com o toque macio que só uma brusinha tem. Para ir pra página do produto, basta clicar na foto ou legenda 😉

 

Brusinha ADÍVIDAS

 

Brusinha SHARK

 

Brusinha PLMDDS

 

Brusinha LUA

 

Brusinha ITI MALIA

 

Brusinha COLORS